Sport é punido com 8 jogos de portões fechados por ataque ao ônibus do Fortaleza

 

O Sport foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com oito jogos de portões fechados e multa de R$ 80 mil, devido ao atentado ao ônibus do Fortaleza após confronto pela Copa do Nordeste. A decisão unânime baseou-se no art. 213 do CBJD e abrange competições da CBF, como Copa do Brasil, Nordestão e Série B.

Além da proibição de público nos jogos como mandantes, o clube não terá direito à carga de ingressos como visitante durante a penalidade. Desde a punição preventiva, o Sport não atuou como mandante em competições da CBF. O primeiro jogo afetado será contra o Murici-AL, pela segunda fase da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (13).

No julgamento, o vice-presidente Jurídico, Rodrigo Guedes, e o diretor jurídico, Silvio Baptista, representaram o Sport. A diretoria rubro-negra pretende recorrer ao pleno da decisão.

Os auditores do STJD consideraram a reincidência do Sport em atos de vandalismo nos últimos anos, citando a invasão do campo contra o Vasco, em 2022, e o arremesso de cadeiras na final da Copa do Nordeste contra o Ceará, no ano anterior. O dr. Washington Oliveira sugeriu a inclusão do Sport no art. 205, solicitando sua exclusão da Copa do Nordeste, mas o voto não foi seguido.

O ato de vandalismo ocorreu em 21 de fevereiro, após o empate em 1 a 1 entre Sport e Fortaleza. O ônibus da equipe cearense foi atacado com pedras e bombas, resultando em seis jogadores feridos (Escobar, Pocchetino, Lucero, Brítez, Cardona e Machuca).

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem