Presidente do Sport discorda de punição imposta por ataque ao ônibus do Fortaleza

 

Sport Club do Recife discorda da punição aplicada pelo Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta terça-feira (12). A vice-presidência jurídica do clube informou que recorrerá da decisão. O presidente Yuri Romão emitiu um comunicado após a punição referente ao incidente envolvendo a delegação do Fortaleza em 22 de fevereiro.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais do clube pernambucano, o dirigente afirmou que o Sport não aceita a sanção e que não se considera responsável pelo ocorrido, destacando que em momento algum descumpriu as leis exigidas.

Romão ainda ressaltou que os únicos penalizados são os funcionários, atletas e ambulantes ao redor do estádio, deixando os verdadeiros responsáveis impunes. Ele criticou a demora na punição e declarou que o Sport irá recorrer da decisão do STJD, mantendo-se firme diante da punição.

Além disso, a Federação Cearense de Futebol (FCF) anunciou em nota oficial que também recorrerá da sentença e solicitará a exclusão do Sport Club do Recife da Copa do Nordeste. A FCF argumenta que o clube mandante deve garantir a segurança do time visitante, conforme o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, incluindo o trajeto de chegada e saída da delegação.

Veja no vídeo abaixo:




Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem