Policial militar mata esposa no bairro de Dois Unidos, Recife

 

Um crime violento aconteceu no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. Um policial militar tirou a vida de sua esposa a tiros e, em seguida, cometeu suicídio no início da tarde desta segunda-feira (4).

O policial, identificado como Valmir Soares dos Santos, de 39 anos, atuava como cabo e estava lotado na Companhia de Policamento com Motos (CipMotos). Sua esposa, Suyene Mary de Lima, de 36 anos, era técnica em imobilização ortopédica no Hospital dos Servidores do Estado.

Segundo relatos do delegado Victor Leite, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi assassinada no quintal de sua residência com disparos de calibre 380, enquanto o agressor foi encontrado em um dos quartos com um disparo na cabeça. Foram encontrados aproximadamente 13 fragmentos balísticos próximos ao corpo da vítima.

A investigação inicial aponta que objetos da casa estavam revirados, sugerindo um possível conflito prévio. "Com depoimentos de familiares, vamos saber se houve uma discussão anterior ou se o casal já enfrentava problemas conjugais. Preliminarmente, algumas pessoas relataram que eles estavam em processo de reconciliação. Aparentemente, havia uma dinâmica complicada na relação", explicou o delegado.

Um inquérito será aberto para esclarecer as circunstâncias desse feminicídio. "Também será realizada uma análise para determinar a origem da arma de fogo. No entanto, é importante ressaltar que essa arma não pertence à corporação, sendo de posse particular", acrescentou Leite.

O delegado informou ainda que Valmir era um policial ativo e bem visto dentro da Polícia Militar, desempenhando suas funções normalmente. "Ele era considerado um membro respeitado pela tropa", concluiu.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem