Pernambuco tem a segunda maior taxa de mortes violentas do Brasil

 

No ano de 2023, Pernambuco apresentou a segunda maior taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) por 100 mil habitantes no país, ficando atrás apenas do Amapá. Segundo dados do Monitor da Violência, levantamento realizado pelo G1 com base em informações da Secretaria de Defesa Social (SDS), o estado registrou 38,8 crimes violentos a cada 100 mil residentes, enquanto a média nacional foi de 19,4. No Nordeste, Pernambuco liderou a categoria.

Os CVLIs englobam homicídios, latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte. Em números absolutos, Pernambuco contabilizou 3.518 assassinatos em 2023, sendo 3.408 homicídios, 87 latrocínios e 23 lesões corporais seguidas de morte.

Comparativamente, o estado de São Paulo registrou 2.977 homicídios no mesmo período, resultando em uma taxa de 6,7 assassinatos por 100 mil habitantes.

Em relação aos dados de 2022, Pernambuco apresentou um aumento de 5,5% nos CVLIs, indo na contramão da tendência nacional de redução. Quatro outros estados também registraram aumento em comparação com o ano anterior: Amapá (49,5%), Rio de Janeiro (7,4%), Minas Gerais (3,7%) e Maranhão (1,8%). O Ceará foi o único estado sem variação nos números de mortes.

Diante desse cenário, em julho de 2023, a governadora Raquel Lyra (PSDB) lançou o programa "Juntos pela Segurança", substituindo o Pacto Pela Vida, implementado em 2007. As metas do programa, anunciadas dois meses depois, visam uma redução de 30% nos índices de homicídios, violência contra a mulher, crimes patrimoniais, roubo e furto de veículos até 2026, uma meta mais ambiciosa em comparação com os objetivos anteriores do Pacto Pela Vida.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem