Número de prováveis casos de dengue em PE neste ano é 473,6% maior que 2023

 

Pernambuco enfrenta um aumento alarmante nos casos de dengue, com um total de 9.505 casos prováveis registrados. Isso representa um aumento de 473,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, com uma incidência de 104,9 casos por 100 mil habitantes. Do total de casos, 730 foram confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde, conforme o boletim divulgado nesta quarta-feira (20). A pasta está investigando os demais casos, incluindo nove considerados graves até o momento. Esses dados referem-se ao período de 31 de dezembro de 2023 a 16 de março deste ano.

Durante este período, dois óbitos suspeitos foram descartados, enquanto outras 17 mortes relacionadas a arboviroses permanecem sob investigação.

Pela primeira vez em 2024, Pernambuco atinge o patamar de média incidência de dengue, com números variando entre 100 e 300 casos prováveis por 100 mil habitantes.

Os 16 municípios com alta incidência de casos de dengue são: Araçoiaba, Chã de Alegria, Itaquitinga, Quipapá, Garanhuns, Riacho das Almas, Camocim de São Félix, Terra Nova, Lagoa Grande, Exu, Verdejante, Granito, Ingazeira, Calumbi, Belém do São Francisco e Fernando de Noronha. Segundo o critério técnico estabelecido pelo Ministério da Saúde (MS), alta incidência é considerada quando as notificações ultrapassam 300 casos prováveis por 100 mil habitantes.

O boletim também destaca que seis regionais de saúde estão enfrentando média incidência: IV (Caruaru), V (Garanhuns), VII (Salgueiro), VIII (Petrolina), X (Afogados da Ingazeira) e XII (Goiana).

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem