Ônibus do Fortaleza é atacado por torcida do Sport e jogadores ficam feridos

 

Após o embate contra o Sport Club do Recife pela Copa do Nordeste, na noite da última quarta-feira (21), a equipe do Fortaleza viu-se envolvida em um episódio de violência nas estradas do Recife. Enquanto retornavam à sua base, após o jogo na Arena de Pernambuco, o ônibus da equipe foi alvo de ataques, resultando em ferimentos para seis jogadores, que foram prontamente hospitalizados no Real Hospital Português.

Os confrontos ocorreram logo após o empate em 1 a 1 entre os times, quando vândalos atiraram pedras e bombas contra o veículo que transportava os atletas do Fortaleza. Entre os feridos, encontravam-se nomes importantes como o goleiro João Ricardo, os laterais Gonzalo Escobar e Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, além do volante Lucas Sasha.

O presidente do clube, Marcelo Paz, lamentou profundamente o ocorrido, enquanto o Fortaleza Esporte Clube emitiu comunicado informando que os jogadores feridos foram prontamente atendidos, passando por procedimentos médicos como sutura e remoção de estilhaços de vidro.

Por outro lado, o Sport Club do Recife repudiou veementemente os atos de violência, destacando que estes não refletem os valores da instituição e de sua torcida. O presidente do Sport, Yuri Romão, expressou solidariedade ao Fortaleza diante da situação.

Após receberem alta hospitalar por volta das 5h30 desta manhã (22), os seis atletas, juntamente com os demais membros da equipe, retornaram ao Ceará, encerrando assim um capítulo lamentável em meio ao futebol nordestino.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem