VÍDEO: Traficante oferece dinheiro para ser solto e delegado nega

 

Na última quinta-feira (25), a polícia do Rio de Janeiro efetuou a prisão de Michel Magioli, de 27 anos, sob a acusação de realizar entregas de substâncias ilícitas a indivíduos de elevado poder aquisitivo, especialmente em áreas nobres da capital fluminense. O detido foi localizado e detido na Barra da Tijuca, na Zona Norte do Rio, após uma cuidadosa vigilância realizada pelos investigadores.

Na residência do suspeito, durante a ação policial, foram encontrados entorpecentes como maconha e haxixe, além de cigarros eletrônicos contendo maconha. Um montante de aproximadamente R$ 9 mil também foi apreendido no local.

Ao ser conduzido à delegacia, Michel Magioli tentou subornar o delegado Allan Duarte na tentativa de evitar a prisão. "Combinado não sai caro, entendeu? Tipo, somos oito aqui, eu quero dez para cada. Eu tenho capacidade. Para a gente resolver da melhor forma", afirmou o traficante ao delegado (vide vídeo acima).

Em resposta, o delegado declarou: "Não tem R$ 10 mil, R$ 20 mil, R$ 50 mil, R$ 500 mil nem R$ 1 milhão. O senhor está preso e a partir desse momento o senhor vai responder por corrupção ativa também, além de tráfico de drogas."

As investigações policiais agora se estendem a outros membros do grupo criminoso, uma vez que o cigarro eletrônico de maconha apreendido com o traficante tem origem nos Estados Unidos, e o haxixe provém de países da América do Sul, entrando pelo Norte do Brasil.

Michel Magioli possui duas passagens anteriores pela polícia, sendo uma delas por violência doméstica, quando agrediu sua namorada em um posto de combustíveis na Barra da Tijuca, em 2018. A outra prisão ocorreu em 2016, por tráfico de drogas, ocasião em que foi detido em flagrante com substâncias sintéticas, material para embalagem e uma balança de precisão.

Veja no vídeo abaixo trecho da situação:




Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem