VÍDEO: Avião militar russo com 65 prisioneiros ucranianos cai e explode, diz Rússia

 

Nesta quarta-feira (24), um avião militar russo do modelo Ilyushin Il-76, destinado ao transporte militar de tropas e equipamentos, caiu na cidade de Belgorod, próxima à fronteira com a Ucrânia. A aeronave levava 65 prisioneiros ucranianos, além de seis membros da tripulação e três indivíduos não identificados até o momento.

De acordo com o Ministério da Defesa russo, a queda foi resultado do lançamento de dois mísseis ucranianos, classificando o incidente como um "ato de barbárie e terrorismo". O Serviço de Inteligência das Forças Armadas da Ucrânia, por sua vez, não confirmou nem negou a autoria da queda, ressaltando a falta de informações "confiáveis" sobre os ocupantes do avião. Vale destacar que estava prevista uma troca de prisioneiros entre os dois países para este mesmo dia.

O momento da tragédia foi registrado por um morador, que capturou imagens do avião em queda seguida por uma explosão, resultando em uma nuvem de fumaça. Especialistas em aviação indicam que a característica da fumaça é compatível com a produzida por mísseis após sua explosão.

Veja no vídeo abaixo:

Todas as 74 pessoas a bordo, incluindo os 65 prisioneiros ucranianos, perderam a vida no acidente, conforme confirmado pelo governador de Belgorod, Vyacheslav Gladkov. Até o momento, não há informações sobre possíveis vítimas em solo. O Parlamento russo foi informado durante uma sessão em Moscou, onde o deputado Andrei Kartapolov, ex-general das Forças Armadas russas, afirmou categoricamente que a aeronave foi derrubada por mísseis.

O incidente ocorreu por volta das 11h no horário local (05h no horário de Brasília), em uma área residencial do distrito de Korochansky, nordeste de Belgorod. O governador não forneceu detalhes sobre possíveis danos a residências ou moradores na região.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem