Thiago Brennand é condenado pela 3ª vez por estupro e stalking

 


Mulher brasileira relata à Justiça de São Paulo ter sido vítima de estupro e perseguição por parte do empresário Thiago Brennand, de 43 anos, condenado pelo crime. O incidente ocorreu em 2022, resultando na sentença de oito anos de prisão, em regime inicial fechado, proferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) na quarta-feira (17/1).

Segundo a vítima, após uma relação inicialmente consensual, a situação se transformou em coação quando solicitou o uso de preservativo durante o ato sexual. O estupro ocorreu na mansão do empresário, localizada em Porto Feliz, interior paulista, onde ele mantinha um arsenal de armas de fogo.

A acusação relata que a vítima passou a ser perseguida, vítima de stalking, por Thiago Brennand, recebendo mensagens com ameaças e injúrias. A juíza Raisa Alcântara Cruvinel Schneider, da 2ª Vara de Porto Feliz, do TJSP, considerou o empresário culpado pelo ocorrido.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem