Taxista "corta luz" para viatura e guardas municipais do Cabo frustram assalto

 

Um incidente tenso ocorreu na última segunda-feira (15) na rodovia estadual PE-60, próximo à Praça 9 de Julho, no Grande Recife. Um taxista de 50 anos, identificado como José Ricardo de Medeiros Ferreira, conseguiu evitar um assalto ao "cortar luz" (piscar o farol do veículo) para uma viatura da Guarda Municipal do Cabo de Santo Agostinho.

Segundo informações da Polícia Civil, três criminosos, sendo um homem de 28 anos, outro de 31 anos e uma mulher de 36 anos, foram presos em flagrante por lesão corporal e tentativa de roubo. Os nomes dos assaltantes não foram divulgados pela Polícia Civil, que está conduzindo as investigações.

De acordo com a Guarda Municipal, os assaltantes solicitaram uma corrida na Avenida Dantas Barreto com destino ao Cabo de Santo Agostinho. Durante o percurso, anunciaram o assalto e fizeram o taxista de refém, utilizando uma faca contra o pescoço da vítima. O intento dos criminosos era roubar o veículo, sequestrar o taxista e, possivelmente, assassinar a vítima.

A ação foi percebida por guardas municipais durante uma ronda na cidade, ao observarem o táxi "cortando luz" para a viatura da equipe. Suspeitando de algo errado, iniciaram uma perseguição que resultou na prisão dos três assaltantes. Com eles, foram encontrados o relógio e a carteira do taxista.

O caso foi devidamente registrado na Delegacia do Cabo de Santo Agostinho, para onde foram conduzidos os três presos antes de serem encaminhados para a audiência de custódia. Vale destacar que dois dos assaltantes já possuíam antecedentes criminais, tendo sido presos anteriormente por homicídio. Ambos foram levados para o Cotel, enquanto a mulher foi encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Recife, localizada no bairro da Iputinga, Zona Oeste da capital pernambucana.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem