Suspeito de matar avô com capacete é preso em Santa Cruz do Capibaribe

 

No último sábado, dia 27, em Pernambuco, foi efetuada a prisão de um homem de 35 anos sob suspeita de latrocínio contra seu próprio avô idoso em Campina Grande, crime ocorrido em 20 de janeiro. No mencionado dia, a Polícia Civil também deteve um jovem de 27 anos, na mesma cidade, acusado de cometer um homicídio equivocado ao buscar vingar a morte do idoso.

O primeiro incidente teve lugar no bairro de Santa Rosa, em 20 de janeiro, quando José Firmino, 87 anos, foi brutalmente agredido com golpes de capacete em sua residência. O suspeito do crime seria seu neto, Josinaldo da Costa Lima, conhecido como Buiu, que, após agredir o avô, empreendeu fuga levando consigo objetos de valor e dinheiro. Apesar de ter sido conduzido ao Hospital de Trauma de Campina Grande, José Firmino não resistiu e faleceu no mesmo dia.

Na quinta-feira (25), um indivíduo decidido a vingar a morte de José Firmino localizou alguém que acreditava ser Buiu, neto da vítima. Jadilson Lima Silva, também conhecido como Buiu, foi erroneamente alvejado e, mesmo recebendo socorro e sendo encaminhado ao Hospital de Trauma, não sobreviveu, vindo a falecer na sexta-feira (26).

No sábado, equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, com o apoio da Polícia Militar de Pernambuco, efetuaram a prisão de Josinaldo da Costa Lima. Ele estava escondido na cidade de Santa Cruz do Capibaribe desde a data do crime. No mesmo dia, equipes da Delegacia de Homicídios de Campina Grande também prenderam Gustavo dos Santos Andrade, de 27 anos, suspeito de cometer o homicídio equivocado. Ambos permanecem detidos na Central de Polícia Civil de Campina Grande, à disposição da Justiça.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem