PF reprime crimes sexuais contra crianças praticados por indígenas

 

A Polícia Federal desencadeou, nesta quarta-feira, 10/1, a Operação Yaucacy, com o propósito de reprimir casos de abuso sexual de crianças envolvendo um líder indígena.

Na operação, aproximadamente 20 agentes federais executaram um mandado de prisão temporária contra o líder indígena de uma aldeia localizada no município de Autazes, no estado do Amazonas.

A investigação teve início a partir de uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, a qual apontava o envolvimento do suspeito em crimes de estupro, estupro de vulnerável, abuso de poder, coação de vítimas e violação dos direitos fundamentais de membros indígenas de sua própria comunidade.

O inquérito policial busca esclarecer e apurar os fatos relacionados a essas acusações, visando garantir a integridade e a justiça no tratamento de crimes tão graves como os mencionados.



Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem