Leilão da COMPESA para a iniciativa privada será em dezembro

 

Governo de Pernambuco promoverá consulta pública em abril para debater a concessão de parte dos serviços da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) à iniciativa privada. A ação visa incentivar a participação da população na discussão sobre o futuro da Compesa. Após a consulta, prevê-se que o leilão de concessão ocorra em dezembro deste ano, envolvendo empresas interessadas na operação de determinados serviços da companhia.

A governadora Raquel Lyra e o presidente da Compesa, Alex Campos, têm reiterado que a empresa não será privatizada, permanecendo como uma entidade pública. Apenas a distribuição de água e a coleta e tratamento de esgoto serão concedidas à iniciativa privada.

Com a aprovação do Novo Marco do Saneamento Básico em 2020, as companhias de água e saneamento enfrentarão a necessidade de significativos investimentos em infraestrutura para alcançar a universalização do acesso até 2033. Para a Compesa, estima-se que os recursos necessários atinjam a marca de R$ 20 bilhões. Atualmente, a companhia mantém uma Parceria Público-Privada (PPP) com a BRK, com foco na Região Metropolitana do Recife e no município de Goiana. No entanto, o Estado ainda possui 184 municípios aguardando infraestrutura de água e esgoto.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem