Homem mata a própria mãe e tenta enganar a polícia em Gravatá

 

Um homem de 43 anos foi preso sob a acusação de matar a própria mãe em Gravatá, município localizado no Agreste do Estado de Pernambuco. O crime ocorreu no domingo (28) e foi confirmado pela Polícia Civil na segunda-feira (29).

O suspeito foi detido em flagrante pela equipe da Delegacia de Gravatá logo após cometer o homicídio dentro da residência da vítima, uma idosa de 73 anos. O incidente ocorreu na Rua Padre Cícero, no bairro do Prado, situado no Centro do município. O crime chocou a população local, composta por pouco mais de 86 mil habitantes, localizada a 83 quilômetros da capital Recife.

De acordo com as autoridades policiais, o suspeito utilizou um "objeto contundente" para perpetrar o crime. Após o assassinato, policiais civis foram acionados e prontamente se dirigiram ao local do ocorrido. Durante as diligências, o suspeito foi encontrado nas proximidades. Em informes preliminares, foi revelado que o criminoso tentou enganar os policiais, alegando que a idosa havia sofrido uma queda acidentalmente.

Entretanto, relatos de vizinhos forneceram indícios de que a vítima havia pedido socorro. Diante dessas informações, o suspeito foi detido em flagrante e conduzido à delegacia. A polícia informou em nota que "o autor foi levado à delegacia para esclarecimentos e realização dos procedimentos cabíveis, ficando em seguida à disposição para audiência de custódia". O suspeito foi identificado extraoficialmente como Marcos Amaro da Silva.

O corpo da vítima, após passar por perícia do Instituto de Criminalística (IC), foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, também localizado no Agreste pernambucano.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem