Família acredita que homem foi morto por engano em Santa Cruz do Capibaribe

 

Na noite da última terça-feira (09), José Elynandro da Silva Andrade, conhecido como "Nandinho", de 34 anos, foi vítima de um homicídio a tiros em Santa Cruz do Capibaribe, no estado de Pernambuco. A família acredita que ele tenha sido morto por engano.

Conforme relato do primo da vítima, Jucélio Andrade, Elynandro, que era conhecido como Nandinho, encontrava-se na fábrica de confecções, onde trabalhava, quando dois homens encapuzados invadiram o local. Testemunhas afirmam que os invasores ordenaram que as mulheres se afastassem e, em seguida, efetuaram vários disparos à queima-roupa, todos direcionados à cabeça da vítima.

A família sugere uma linha de investigação para o crime, alegando que Elynandro pode ter sido confundido com um funcionário que é ex-presidiário, possuindo semelhança física. Supostamente, esse indivíduo estaria no banheiro no momento do crime.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas ao chegar ao local, Elynandro já estava sem vida. O corpo foi velado na tarde de hoje na cidade de Santa Cruz do Capibaribe e, em seguida, conduzido para a Câmara Municipal de Riacho de Santo Antônio, na região do Cariri Paraibano.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem