Corredor passa mal durante prova, faz urina preta e morre em PE

 


Um corredor de 50 anos faleceu em Caruaru, no Agreste, na última quarta-feira (24), em decorrência de complicações de saúde relacionadas à rabdomiólise, uma condição causada por uma lesão muscular aguda que resulta na coloração escura da urina. Dorgival Celerino do Nascimento havia participado de uma prova e, devido ao esforço físico excessivo, necessitou de atendimento hospitalar, vindo a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No domingo (21), Dorgival competiu em uma corrida de 14 quilômetros, partindo da cidade de Pombos, localizada a pouco mais de 65 km de distância do Recife, em direção à cidade de Gravatá, também no Agreste. Durante o percurso, na Serra das Russas, situada entre as duas cidades, o corredor apresentou mal-estar e foi conduzido a uma unidade de saúde em Gravatá. Na segunda-feira (22), ele foi transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, onde veio a falecer. O HRA, por meio de nota, comunicou que Dorgival permaneceu internado na UTI.

Segundo informações do hospital, a causa do óbito foi atribuída a hepatite fulminante e rabdomiólise, condição desencadeada por uma lesão muscular aguda provocada pelo esforço físico excessivo.


RADMONIÓLISE: SAIBA COMO É A DOENÇA DO EXCESSO DE EXERCÍCIO FÍSICO

Nesta quarta-feira (24), a cidade de Caruaru, localizada no Agreste de Pernambuco, lamentou a perda de Dorgival Celerino do Nascimento, um corredor de 50 anos que faleceu devido a complicações de saúde relacionadas à rabdomiólise. A condição, uma lesão na musculatura esquelética, afetou o tecido muscular dos membros inferiores de Dorgival, culminando em sua morte.

Segundo informações do hospital, a causa do óbito foi atribuída a uma combinação de hepatite fulminante e rabdomiólise. Esta última é uma condição desencadeada por uma lesão muscular aguda resultante do esforço físico excessivo. Entre as possíveis origens da doença estão atividades físicas intensas, exposição a altas temperaturas, traumas mecânicos, agressões na infância ou adolescência, acidentes automobilísticos e soterramentos.

A rabdomiólise manifesta-se por sintomas como dor intensa no tecido muscular, sensibilidade, edema, agitação, náusea, confusão mental e rebaixamento de consciência, entre outros. Além disso, pode acarretar complicações em órgãos vitais do corpo, incluindo insuficiência renal aguda com alterações na urina e quadros de arritmia, agravando ainda mais o estado do paciente.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem