Vítima de homicídio em Buenos Aires/PE era principal alvo de operação policial

 

Na tarde de terça-feira (26), um ex-detento identificado como Bruno Rafael, conhecido como "Bruno do Ar", foi vítima de uma emboscada fatal enquanto viajava em um veículo de transporte coletivo de Nazaré da Mata com destino a Buenos Aires.

O ataque ocorreu na Rodovia PE-059, próximo ao Engenho Criméia, em Buenos Aires, quando ocupantes de um Fiat Toro abordaram o veículo de lotação e ordenaram que todos os passageiros desembarcassem.

Bruno do Ar, que estava entre os seis ocupantes do veículo, foi o alvo dos criminosos. Condenado por tráfico de drogas e homicídios na região, ele foi alvejado por nove disparos de arma de fogo. Sua ficha criminal inclui suspeitas de envolvimento nos assassinatos de Natan, supostamente ordenado por Bruno do Ar e executado por "Willa", além de "Ducal", ocorridos em Buenos Aires.

Bruno do Ar foi o principal alvo da Operação Novos Ares em 2020, sob coordenação do delegado Thiago Henrique. Estava em liberdade há aproximadamente dois meses e, no dia de sua soltura, fez uma publicação enigmática em suas redes sociais: "Não sou vingativo, só tenho boa memória".

O corpo de Bruno do Ar foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Recife. As investigações do caso estão sob responsabilidade do delegado Thiago Henrique, titular da delegacia de Buenos Aires.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem