Professor de jiu-jitsu morre logo após vencer competição no Recife

 

O mestre de jiu-jitsu, Jesiel Andrade, de 68 anos, veio a falecer na tarde de domingo, dia 10, após um combate durante a Copa de Jiu-Jitsu Black Bull, um dos eventos de destaque no Nordeste. Segundo relatos da Federação Pernambucana do esporte, ele sofreu um infarto logo após ser premiado com a medalha de ouro por sua vitória em um combate.

O incidente ocorreu durante o Desafio dos Mestres, parte da competição sediada no Círculo Militar do Recife, localizado no bairro da Boa Vista, região central da cidade. Jesiel desfaleceu no tatame, conforme relatado pela Federação de Jiu-Jitsu de Pernambuco. A Polícia Civil registrou o caso como "morte a esclarecer" e instaurou um inquérito para investigação.

Após ser conduzido inicialmente ao Hospital da Restauração, o corpo de Jesiel foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Santo Amaro, também no Centro do Recife.

O sepultamento do mestre foi agendado para a tarde desta segunda-feira, dia 11, no Cemitério de Santo Amaro.

Jesiel, nascido em 1955 na capital pernambucana, iniciou sua trajetória no jiu-jitsu aos 11 anos. Além de sua proeminente carreira como lutador, ele também atuou como árbitro, promotor de eventos esportivos e foi o responsável pela realização do 1º Campeonato Pernambucano de Jiu-Jitsu. Mantinha a Academia Jesiel Andrade no bairro da Boa Vista.

A Federação de Jiu-Jitsu de Pernambuco prestou homenagens ao mestre por meio das redes sociais.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem