Policial atira em bebê de 1 ano com arma de Airsoft em SP

 

Na última terça-feira, dia 26, uma bebê de apenas um ano foi atingida no rosto por um disparo de arma do tipo airsoft efetuado por um policial militar, na zona leste de São Paulo. O incidente foi capturado por câmeras de segurança que flagraram a ação do agente policial.

Conforme relatos da Secretaria da Segurança Pública (SSP), um homem de 29 anos conduzia sua moto com a filha de um ano quando cruzou o caminho de uma viatura da Polícia Militar. Ele alegou ter ouvido dois disparos, seguidos pelo ferimento facial da criança.

Veja no vídeo abaixo o momento do disparo:

Embora o transporte de crianças nessa faixa etária em motocicletas seja proibido pela legislação de trânsito, as imagens mostram que o policial militar disparou imediatamente ao avistar o veículo, sem emitir qualquer ordem de parada. Após os tiros, o pai levou imediatamente a criança à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Júlio Tupy, localizada no Parque Guaianases, e, devido à gravidade do ferimento, a menina foi transferida para o Hospital Tide Setúbal, onde foi submetida a uma cirurgia para a remoção do projétil.

Segundo informações da SSP, o exame médico no hospital confirmou que a criança foi atingida por um projétil de plástico disparado por uma arma airsoft, equipamento que não faz parte do arsenal regular da Polícia Militar. A perícia apreendeu um dos projéteis encontrados no local dos disparos, além das gravações das câmeras de segurança da vizinhança.

O caso foi registrado como homicídio tentado no 50° DP (Itaim Paulista) e está sob investigação do 67° DP (Jardim Robru), área onde ocorreram os fatos. A Corregedoria da Polícia Militar foi notificada para tomar as medidas administrativas cabíveis, enquanto um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para esclarecer os eventos.

A SSP declarou que "todas as circunstâncias do caso estão sendo rigorosamente investigadas pela Polícia Civil e Militar".

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem