PM é amarrado e vendado após tentar furar protesto

 

Na tarde da última quarta-feira (29), um policial militar foi agredido e amarrado por manifestantes durante um protesto na MA-206, próximo a Junco do Maranhão. O PM, que retornava do trabalho, se deparou com a manifestação enquanto trafegava pela rodovia.

De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, um vídeo que circula nas redes sociais mostra o policial amarrado, vendado e ferido no chão. Ele foi liberado quando outras viaturas da PM chegaram ao local. Posteriormente, foi encaminhado a um hospital na região e transferido para São Luís, onde seu estado de saúde foi relatado como estável pela SSP.

Ainda sob investigação da Polícia Civil, o incidente não teve informações sobre prisões até o momento. A Secretaria de Segurança Pública afirmou estar acompanhando de perto o caso, visando identificar os responsáveis pela violência.

O protesto que culminou na agressão ao policial ocorreu na MA-206, entre Junco do Maranhão e Amapá do Maranhão. Embora os detalhes não estejam totalmente esclarecidos, os primeiros relatos indicam que o PM teria furado o bloqueio da rodovia. Os manifestantes, residentes da comunidade de Vilela, protestavam contra uma decisão judicial que favorecia uma família que reivindica a propriedade das terras ocupadas desde a década de 1990.

Segundo informações, os manifestantes alegam que o policial chegou ao local de maneira agressiva e disparou contra uma liderança local, sendo imobilizado em seguida. Não há informações sobre outros feridos além do próprio PM.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem