Operação prende 15 entre bicheiro, proprietários de lojas de carros de luxo e empresários

 Na manhã desta quarta-feira (20), a Polícia Civil deflagrou a Operação Replacement, visando combater a lavagem de dinheiro nas cidades do Recife, Olinda e Igarassu. A ação resultou na prisão de 15 indivíduos e na apreensão de R$ 1,45 milhão em espécie. Além disso, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em concessionárias, casas lotéricas e prédios residenciais de luxo.

Os mandados foram executados em locais estratégicos, incluindo concessionárias de carros de alto padrão no Pina, Zona Sul do Recife, e no Edifício Akropolis, em Boa Viagem, também na Zona Sul. Em um condomínio de luxo conhecido como Torres Gêmeas, situado no Cais de Santa Rita, Centro do Recife, foram efetuadas prisões de três homens e duas mulheres. O uso de um drone nesse condomínio foi destacado pelo delegado Paulo Gondim, visando evitar que os suspeitos descartassem possíveis provas pelas janelas.

A investigação, iniciada em abril de 2023, tem como alvo empresários envolvidos em atividades de lavagem de dinheiro. O líder da quadrilha utilizava parentes e laranjas para conduzir operações ilícitas por meio de empresas, incluindo casas lotéricas, imobiliárias, academias e concessionárias de veículos.

A operação resultou no bloqueio de R$ 608 milhões em contas e aplicações financeiras dos investigados. A ação incluiu três mandados de prisão domiciliar, 12 de prisão preventiva e 31 de busca e apreensão domiciliar, sequestro de bens e valores, e bloqueios de ativos financeiros, todos expedidos pela Décima Segunda Vara Criminal da Capital.

Mais de um milhão de reais apreendidos em espécie

Os mandados foram cumpridos em diversas localidades, abrangendo ainda cinco casas lotéricas, duas em Olinda e quatro no Recife (nos bairros de Boa Viagem, São José e Iputinga). Entre os itens apreendidos, destacam-se 14 carros de luxo, celulares e oito relógios, sendo que os indivíduos foram encaminhados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) e para a Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), ambos na Zona Oeste. A restrição de veículos e embarcações na Marinha também foi realizada. A operação foi coordenada pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel) e pelo laboratório de Lavagem de Dinheiro (Lab), contando com o apoio do Comando de Operações e Recursos Especiais (Core), Corpo de Bombeiros, Centro de Monitoramento Eletrônico de Pessoas (Cemep) e Banco do Brasil.



Empresários da JBS Motors Se Pronunciam Após Operação de Busca e Apreensão


Saulo Galvão e Solon Filho, proprietários da revendedora de automóveis de luxo JBS Motors, localizada no Pina, alvo da Operação Placement conduzida pela Polícia Civil nesta manhã, emitiram uma declaração alegando inocência em relação às acusações de lavagem de dinheiro que motivaram a ação policial. Os empresários afirmaram que a apreensão dos veículos da loja, os quais planejam solicitar a devolução, ocorreu devido à aquisição destes de pessoas que agora são objeto de suspeita.

"Sempre conduzimos nossas empresas com lisura e transparência, aspectos que serão comprovados diante das autoridades encarregadas da investigação. Estamos comprometidos em esclarecer a compra dos veículos apreendidos e buscar sua liberação", declarou Saulo Galvão.

A Operação Placement, que mobilizou 210 policiais, está executando mandados de prisão e ações de busca e apreensão em diversas localidades, incluindo lojas de automóveis, casas lotéricas e apartamentos nas Torres Gêmeas, situadas no Cais José Mariano, sob suspeita de envolvimento em atividades de lavagem de dinheiro. A polícia solicitou o bloqueio de R$ 608 milhões em contas bancárias e aplicações financeiras, abrangendo tanto pessoas físicas quanto empresas vinculadas à investigação.


Empresários da Sideral Veículos Presos na Operação Placement: Investigações de Lavagem de Dinheiro no Grande Recife

Os sócios da concessionária Sideral Veículos, José Lindinaldo de Andrade Guerra e Paulo Henrique Rabello Guerra, foram detidos durante a Operação Placement, conduzida pela Polícia Civil de Pernambuco nesta quarta-feira. A investigação, que abrange lavagem de dinheiro, resultou em mandados de prisão e busca e apreensão no Grande Recife. A revendedora JBS Motors, localizada na capital, também foi alvo da operação, com a apreensão de veículos, embora seus sócios não tenham sido presos, negando qualquer envolvimento em atividades ilícitas.

Saulo Galvão, um dos sócios da JBS Motors, afirmou: "Os policiais apreenderam apenas veículos comprados de pessoas envolvidas na ação. Vamos esclarecer a compra às autoridades e solicitar a liberação dos mesmos."

Com a participação de 210 policiais, a Operação Placement executou mandados de prisão e ações de busca e apreensão em lojas de automóveis, casas lotéricas e apartamentos nas Torres Gêmeas, situadas no Cais José Mariano, sob suspeita de envolvimento em atividades de lavagem de dinheiro. A polícia também solicitou o bloqueio de R$ 608 milhões em contas bancárias e aplicações financeiras pertencentes aos investigados, incluindo pessoas físicas e empresas.


Bicheiro Edmar Bezerra entre os Alvos da Operação Placement no Grande Recife

O bicheiro Edmar Bezerra está entre os alvos de prisão preventiva na Operação Placement, realizada nesta quarta-feira (20) no Grande Recife. A casa lotérica Bezerra e Kehrle Loterias LTDA também foi submetida a busca e apreensão durante a operação, que mobiliza 210 policiais. Além disso, a ação cumpre três mandados de prisão domiciliar, 31 de busca e apreensão domiciliar, sequestro de bens, valores e bloqueios de ativos financeiros.

A Polícia solicitou o bloqueio de R$ 608 milhões em contas e aplicações financeiras pertencentes aos investigados, incluindo pessoas físicas e jurídicas.

Segue a lista de prisões preventivas:

  1. Elaine Ferreira Bezerra
  2. Severino da Silva Bezerra
  3. Edarte Ferreira Bezerra
  4. Edmar Guimarães Bezerra
  5. Eduardo Ferreira Bezerra
  6. Mirela Rocha Cabral
  7. Paulo Henrique Rabello Guerra
  8. Maria Luiza Kehrle Carvalho de Farias
  9. Bruno Rocha Cabral
  10. Guilherme Kami Tavares Bezerra
  11. Sandra Helena Bezerra
  12. José Lindinaldo de Andrade Guerra
  13. José Gregório dos Santos (Prisão Domiciliar)
  14. Roberto Motta Collier (Prisão Domiciliar)
  15. Maria Tereza Quintas Collier (Prisão Domiciliar)

Locais submetidos a busca e apreensão:

  1. Loteria Setúbal LTDA
  2. Mega Loteria LTDA
  3. Loterias Tabajara da Sorte LTDA
  4. Bezerra e Kehrle Loterias LTDA
  5. Sideral Veículos
  6. Casa Lotéria Ouro Verde Prime LTDA

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem