Corpo carbonizado é encontrado em casa no bairro de Água Fria, Recife

 

Na madrugada desta quinta-feira (7), o corpo carbonizado de Diego Belarmino da Silva de Freitas, conhecido como "Meu Véi", de 32 anos, foi descoberto em sua residência no Alto do Guilhermino, bairro de Água Fria, na Zona Norte do Recife.

O caso foi registrado oficialmente como "Morte a Esclarecer". Segundo amigos e familiares, a vítima era bem conceituada e não possuía conexões com atividades ilegais.

A Polícia Civil iniciou as investigações para elucidar as circunstâncias que levaram à morte de Diego Belarmino da Silva de Freitas.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife para procedimentos necessários. No interior da residência, diversos móveis foram consumidos pelo fogo, com destaque para o quarto onde o incêndio teria iniciado. Um ventilador foi completamente destruído, e no sofá foram encontrados medicamentos e preservativos.

O incêndio foi notado pelos vizinhos por volta das 2h30 da madrugada. O primo de Diego informou que não estava na casa, mas havia deixado a vítima na companhia de um amigo. Ele acrescentou que Diego não residia no local, apenas fazia algumas visitas com amigos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar o incêndio. A Defesa Civil também compareceu ao local e interditou a residência. A Força Tarefa de Homicídios do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada para dar suporte à investigação.

Após a perícia, a polícia ainda não definiu se a morte de Diego foi criminosa ou acidental. A investigação permanece tratando o caso como "Morte a Esclarecer". O primo, que perdeu grande parte de seus pertences no incêndio, afirmou estar aguardando os desdobramentos do trabalho da polícia para obter mais informações.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem