Ciclista sofre assédio enquanto pedalava no Ipsep, Recife

Uma jovem de 21 anos, estudante de Educação Física, foi vítima de importunação sexual no bairro do Ipsep, localizado na Zona Sul do Recife. O incidente ocorreu enquanto a estudante se dirigia de bicicleta para a academia onde realiza seus treinos.

Segundo relatos, um homem desconhecido, a bordo de uma motocicleta, aproximou-se da jovem e cometeu o ato ao tocar suas nádegas. O ocorrido foi registrado por câmeras de segurança do local.

Atos como tocar ou acariciar partes íntimas do corpo alheio sem consentimento, assim como abordagens invasivas como beijos forçados, configuram-se como importunação sexual, caracterizados como crime pelo Código Penal Brasileiro. A Lei nº 13.718/2018 reforça essa definição, impondo pena de um a cinco anos de prisão para os infratores.

Diante do constrangimento causado pela importunação, a vítima tem o direito de buscar apoio na delegacia mais próxima ou solicitar ajuda através do telefone 190 da Polícia Militar para registrar o ocorrido. É importante ressaltar que o respeito ao "não" é fundamental, reforçando a necessidade do consentimento mútuo em qualquer situação.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem