Vídeo: Assassino de mãe e filhas era 'estuprador serial'

Gilberto Rodrigues dos Anjos era alvo de dois mandados de prisão por latrocínio e abuso sexual

O suspeito de matar e estuprar uma mulher e as filhas dela, em Sorriso, no Mato Grosso, Gilberto dos Anjos, de 32 anos, disse que estava drogado e invadiu a casa da família para roubar. Ele confessou o crime à polícia e foi preso. A mãe, Cleci Cardoso, de 46 anos, e as meninas Miliane, de 19, e Manuela, de 13, foram estupradas antes de morrer, enquanto agonizavam. A caçula, Melissa, de 10 anos, foi asfixiada. O marido de Cleci e pai das três meninas é caminhoneiro e estava viajando. Em interrogatório, Gilberto, que trabalhava em uma construção que fica ao lado da casa das vítimas, contou que entrou pela janela do banheiro, na noite da última sexta-feira (24).

  • Em setembro deste ano, Gilberto dos Anjos cometeu um crime semelhante no município de Lucas do Rio Verde, onde cortou a garganta de uma mulher e a violentou. O modus operandi desses casos é idêntico, indicando um padrão macabro.

Identificação e Prisões Anteriores:

  • O criminoso já tinha um mandado de prisão em Lucas do Rio Verde pela tentativa de assassinato semelhante. Ele também era alvo de um segundo mandado por um latrocínio em Mineiros (GO), demonstrando sua periculosidade.
  • O delegado Ferreira ressaltou que Gilberto dos Anjos era um estuprador em série, revelando a gravidade dos seus atos. Ele tinha o costume de levar como "lembrança" peças de roupa íntima das vítimas.

A Chacina em Sorriso (MT):

  • O crime ocorreu entre sexta-feira e sábado, quando as vítimas, Cleci Calvi Cardoso (46 anos), Miliane Calvi Cardoso (19 anos), e duas menores de 10 e 13 anos, foram atacadas em sua residência.
  • Gilberto dos Anjos confessou ter invadido a casa pela janela do banheiro com a intenção de roubo, resultando em esfaqueamento de três vítimas e abuso sexual contra a mãe e duas filhas. A menina de 10 anos foi asfixiada.

Detenção e Transferência:

  • Após a confissão, Gilberto dos Anjos foi transferido de helicóptero para a Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop. A medida foi tomada devido à comoção em Sorriso, com o temor de uma tentativa de linchamento do autor confesso.

Mãe e três filhas foram assassinadas em casa na cidade de Sorriso, no MT

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem