Polícia procura homem acusado de incendiar companheira no Cabo

 

Uma mulher identificada como Edna Maria da Conceição, de 31 anos, encontra-se hospitalizada com queimaduras graves no rosto e tórax após um ataque ocorrido no Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco. Segundo relatos da vítima à sua família, seu companheiro teria jogado um líquido inflamável, identificado como tinner, e ateado fogo nela enquanto ela cozinhava. O incidente aconteceu no dia 11 de novembro. O homem ainda não foi encontrado.

Após o ataque, Edna foi prontamente socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e posteriormente transferida para o Hospital da Restauração, onde permanece internada. Até o momento, não há previsão de alta médica. A família clama por justiça e relata que o suspeito do crime ainda não foi localizado.

A vítima é mãe de seis filhos, frutos de relacionamentos anteriores, e sua condição é crucial para o sustento das crianças. Diante do corte do benefício que Edna recebia, familiares iniciaram uma campanha para arrecadar alimentos em prol das crianças. Apesar dos esforços, eles enfatizam a importância de garantir que o agressor responda pelo ato cometido.

Em uma atualização datada em 21 de novembro, o Hospital da Restauração informou que Edna continua internada com um quadro de saúde estável, porém sem previsão de alta.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem