Ex-funcionária recebe "caixão de luxo" como indenização trabalhista

 

Jucykelly Ventura, de 37 anos, ex-funcionária de uma funerária na cidade de Monteiro, Paraíba, firmou um acordo com os novos proprietários da empresa após seu desligamento e recebeu um "caixão de luxo" como indenização trabalhista.

O acordo foi concretizado há aproximadamente dois meses, e desde então, a urna funerária encontra-se instalada na cozinha da residência de seu pai, aguardando ser vendida.

De acordo com Ventura, os novos donos alegaram não possuir recursos financeiros para efetuar o pagamento e ofereceram os bens herdados da empresa como forma de indenização.

Ventura relatou ter trabalhado por quase dois anos na funerária, inicialmente desempenhando funções como técnica em enfermagem e recepcionista, mas nos últimos meses, atuou exclusivamente como recepcionista. Seu vínculo com a empresa era informal, e ela aceitou a proposta por necessidade financeira. No entanto, a situação mudou com o falecimento do antigo proprietário.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem