Denúncia de superlotação no Hospital Dom Hélder Câmara

 

O Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE) conduziu uma inspeção no Hospital Dom Helder Câmara, situado no município do Cabo de Santo Agostinho. Durante a fiscalização, foi constatado que o setor de ortopedia se encontrava superlotado, levando à alocação de pacientes em outros setores da unidade e à utilização de macas nos corredores.

A ala vermelha da emergência, que possui capacidade para atender até quatro pacientes, estava operando com vinte e dois casos, igualmente excedendo sua capacidade.

Em resposta às constatações da fiscalização, a direção do Hospital Dom Helder Câmara emitiu uma nota reconhecendo a significativa demanda na emergência da unidade de saúde. A nota destacou que medidas estão sendo tomadas para assegurar o atendimento adequado e a realização de cirurgias para os pacientes.

Além disso, a direção do hospital reforçou o compromisso em seguir todas as resoluções estabelecidas pelos conselhos de classe e ressaltou sua disposição para colaborar com os órgãos de fiscalização pertinentes.




2 Comentários

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

  1. Saúde pública em Pernambuco sempre foi um problema sem solução com tantos milhões que nessa área e nós pagadores de impostos não vemos muito retorno

    ResponderExcluir
  2. Quer ver descaso na saúde vem para palmares são vários postos de saúde sendo construídos mas o atendimento como consutas marcações de exames tudo demora por conta de alguns vereadores atravessadores que se beneficiam arrumando exames e consultas em troca de votos e tudo isso acontece porque o gestor juntamente com o seu secretário de saúde permite interior sempre foi assim não existe fiscalização

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem