Preso do semiaberto "trabalhava" assaltando lojas no DF

 

Na última sexta-feira (28/7), investigadores da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro) prenderam em flagrante um detento do sistema penitenciário do Distrito Federal, que estava cumprindo pena em regime semiaberto no Centro de Progressão Penitenciária (CPP). O interno aproveitava a saída diária para supostamente "trabalhar", mas, na verdade, vinha realizando uma série de arrastões em comércios locais de Ceilândia.

Após o assalto a uma agência de crédito pessoal na QNM 1, o presidiário foi detido pela polícia. Segundo as investigações da 15ª DP, ele roubou um celular da loja e outro da proprietária do estabelecimento. Com o criminoso, foram encontrados um simulacro de arma de fogo, uma bicicleta utilizada no assalto e peças de roupas usadas por ele durante o crime, além de estarem relacionados a outros cinco roubos praticados anteriormente. Os alvos incluíram uma farmácia, um mercado, uma loja de operadora de celular, uma clínica odontológica e uma cafeteria.

A prisão do assaltante ocorreu na data mencionada, mas só foi divulgada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) nesta quarta-feira (2/8). Após a prisão, a detenção do criminoso foi convertida em preventiva, e ele agora responderá por seis roubos. Caso seja condenado, o detento enfrentará uma pena de até 18 anos de prisão pelos delitos cometidos.



Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem