Policial morta pelo ex-marido era da Delegacia da Mulher

 

Na tarde desta sexta-feira, dia 11,, uma trágica ocorrência de feminicídio abalou o Distrito Federal. Valderia Peres, policial civil da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), foi brutalmente assassinada a facadas em sua residência, localizada na região de Arniqueiras. A suspeita recai sobre seu ex-marido, Leandro Peres Ferreira, de 46 anos, que após o crime empreendeu fuga.

O caso, que já é o 23º registrado no Distrito Federal somente em 2023, coloca em evidência a crescente preocupação com a violência de gênero na região. Este triste marco supera o total de feminicídios reportados durante todo o ano anterior, quando 17 casos foram registrados.

Valderia Peres, que atuava na linha de frente da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, se tornou mais uma triste estatística em meio a um cenário que demanda ação imediata por parte das autoridades competentes. O aumento dos casos de feminicídio neste ano levanta questionamentos sobre a eficácia das medidas de prevenção e proteção, bem como sobre a necessidade contínua de conscientização e educação em relação à questão de gênero.

As investigações estão em curso para esclarecer detalhes do crime e localizar o suspeito.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem