Padre Airton passa por cirurgia cardíaca de 4 horas

 

Padre Airton Freire recentemente passou por um procedimento cirúrgico de quatro horas envolvendo a substituição de uma válvula aórtica, um componente crucial da principal artéria do coração. A cirurgia ocorreu no Real Hospital Português, localizado no centro do Recife. Atualmente, Padre Airton, que tem 67 anos, permanece sob custódia policial e está sendo investigado por supostos crimes sexuais, especificamente dois casos de agressão sexual contra fiéis. Ele está sob a custódia da polícia desde 23 de julho e está atualmente internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português.

A operação cirúrgica, realizada na segunda-feira (14), foi executada por uma equipe de profissionais médicos experientes, incluindo os médicos Fernando Moraes, Eduardo Pessoa de Melo, Eugênio Albuquerque e Marcos Magalhães. A válvula aórtica, um conduto vital responsável por distribuir sangue oxigenado para vários órgãos em todo o corpo, emerge diretamente do coração e corre paralelamente à coluna vertebral. Devido à sua conexão direta com o coração, as paredes da aorta suportam considerável pressão.

De acordo com declarações feitas por seus representantes legais, Padre Airton ainda requer atenção médica rigorosa e enfrentaria riscos significativos à saúde se fosse devolvido ao ambiente prisional. A equipe de defesa afirma que a detenção provisória em curso é considerada "injusta" dadas as condições médicas do padre, e eles estão ativamente buscando vias legais, particularmente uma petição de habeas corpus a ser julgada pelo judiciário estadual, na esperança de reverter essa decisão. No momento, o acesso ao padre é limitado aos seus representantes legais e à equipe médica que cuida de sua recuperação.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem