Justiça determina demolição do resto do prédio que desabou

 

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) confirmou a decisão proferida pelo juiz da Vara da Fazenda Pública de Paulista, Júlio Godoy, responsabilizando a Seguradora Sul América pela demolição do restante do Bloco D7 do Conjunto Beira Mar, localizado no bairro do Janga, em Paulista.

O desembargador José Ivo de Paula Guimarães rejeitou o recurso apresentado pela seguradora, ratificando, portanto, a medida original.

Segundo a determinação, a Sul América terá um prazo de 30 dias, a partir da notificação, para proceder com a demolição do bloco. Questionada sobre a decisão, a Sulamérica declarou que não irá se pronunciar.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem