Incêndios aterrorizam moradores do Havaí, EUA

 

Uma cidade histórica no arquipélago americano do Havaí foi arrasada por incêndios florestais de rápida propagação, resultando na trágica morte de pelo menos 36 pessoas. As autoridades locais anunciaram que os incêndios obrigaram milhares de moradores a buscar refúgio no mar para escapar das chamas em meio a um cenário de devastação.

As equipes de combate ao fogo continuam empenhadas em conter o incêndio de Lahaina, que permanece ativo e causou a perda de vidas humanas, conforme comunicado emitido pelo governo do condado de Maui.

O desastre teve início na terça-feira, 8 de agosto, colocando em risco residências, estabelecimentos comerciais e infraestruturas públicas. A Agência de Gestão de Emergências do Havaí informou que mais de 35 mil pessoas na ilha de Maui, onde está localizada Lahaina, foram afetadas pelas chamas. A área queimada pelo incêndio já ultrapassa a marca de 800 hectares, segundo a agência.

Nas redes sociais, imagens angustiantes revelam a extensão dos danos causados pelo incêndio, com a área turística sendo consumida pelas chamas e densas colunas de fumaça dominando o horizonte. Embarcações da Marinha de Lahaina também foram atingidas pelo fogo, aumentando ainda mais a magnitude da tragédia.

Diante da magnitude da crise, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, determinou a mobilização de "todos os recursos federais disponíveis nas ilhas" para auxiliar na resposta aos incêndios. A medida visa a conter o avanço das chamas e prestar assistência à comunidade afetada por essa terrível catástrofe.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem