Sem acordo, greve dos rodoviários continua no Grande Recife

 

A greve de ônibus na Região Metropolitana do Recife segue em vigor após mais uma tentativa frustrada de acordo entre os rodoviários e os empresários. O movimento, que entrou em seu segundo dia, já afeta cerca de dois milhões de passageiros na região. Além disso, os usuários também enfrentam os impactos da paralisação de 48 horas do Metrô do Recife, que se encerrará nesta quinta-feira, dia 27, às 22h.

Esta foi a terceira rodada de negociações mediada pela Justiça do Trabalho entre o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco e a Urbana-PE, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros. No entanto, as partes novamente não chegaram a um acordo. A audiência de conciliação realizada nesta quarta-feira também faz parte do julgamento do dissídio da categoria, solicitado pelas empresas de ônibus. O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) está analisando o dissídio coletivo apresentado pela Urbana-PE na terça-feira (25), um dia antes do início da greve dos rodoviários. A situação reflete a intensa disputa entre as partes envolvidas.

Os rodoviários afirmaram que a Urbana-PE não apresentou nenhuma nova proposta além daquela que já havia sido oferecida anteriormente, que previa um reajuste médio de 3% (mais detalhes na última parte desta reportagem).

Diante do fracasso nas negociações, o Sindicato dos Rodoviários está considerando a convocação de uma nova assembleia da categoria, mas garantiu que a greve de ônibus será mantida. Até o momento, a Urbana-PE ainda não se pronunciou sobre a situação.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem