Programa de renegociação de dívidas é alvo de golpistas

 

Um dia após o lançamento do programa federal de renegociação de dívidas, o Desenrola Brasil, golpistas já estão explorando a situação para disseminar dezenas de links fraudulentos nas redes sociais. O objetivo dessas ações maliciosas é tentar obter dados pessoais e pagamentos de pessoas endividadas, prejudicando ainda mais aqueles que buscam regularizar suas situações financeiras.

Os criminosos têm utilizado estratégias enganosas, pagando para ampliar o alcance de suas postagens fraudulentas. A maioria dessas publicações faz uso indevido de imagens de órgãos governamentais, como o governo federal e a Serasa, bem como outras instituições, criando uma aparência de legitimidade para atrair internautas desavisados.

Entre os casos identificados, uma página intitulada "O Desenrola Brasil" foi responsável por 62 anúncios idênticos no Facebook. Curiosamente, essa página está categorizada como "Saúde/beleza" e, até o dia 5 de julho, fazia postagens com imagens religiosas. No entanto, desde a terça-feira subsequente, passou a promover uma propaganda que promete liberar descontos online.

De acordo com informações da biblioteca da Meta, empresa controladora do Facebook, a página responsável pelos anúncios fraudulentos pagou valores entre R$ 3,5 mil e R$ 4 mil para impulsionar suas publicações, alcançando um público estimado entre 125 mil e 150 mil visualizações.

Alertamos todos os cidadãos que estejam buscando participar do programa Desenrola Brasil para que fiquem atentos aos canais oficiais do governo e de instituições financeiras legítimas. É essencial verificar sempre a autenticidade das páginas e links antes de fornecer qualquer informação pessoal ou realizar pagamentos online.

A fim de garantir a segurança dos cidadãos e evitar cair em golpes, é recomendado que as pessoas verifiquem informações diretamente no site oficial do programa Desenrola Brasil e evitem clicar em links suspeitos ou compartilhar dados pessoais com fontes não verificadas. A conscientização e a prevenção são fundamentais para evitar transtornos financeiros e proteger a privacidade dos usuários da internet.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem