Pernambuco confirma novo caso de superfungo em hospitais

 

Pernambuco registrou nesta terça-feira (4), o décimo caso confirmado de Candida auris, um superfungo, em um paciente. Para conter a propagação, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) suspendeu os novos atendimentos no Hospital Getúlio Vargas (HGV), localizado na Zona Oeste do Recife e especializado em traumato-ortopedia e vascular. O paciente afetado é um homem de 52 anos, atualmente internado no Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, na região metropolitana do Recife. Ele inicialmente foi admitido no HGV com uma lesão na perna após um acidente.

A medida de suspensão dos atendimentos no setor de emergência do HGV, em vigor até a próxima segunda-feira (10), foi tomada para possibilitar o controle e monitoramento das pessoas que podem ter tido contato com o paciente durante o período de internação. Segundo informações, o paciente no Hospital Miguel Arraes está em uma área isolada. No HGV, a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) realizará testes nos pacientes internados para identificar possíveis novos casos.

O monitoramento abrangerá a realização de testes em pacientes de alto risco, como aqueles com mais de 72 horas de internação no setor de emergência, uso de antibióticos por mais de 24 horas e histórico de procedimentos invasivos, como sondagem e suporte ventilatório.

A Secretaria Executiva de Regulação de Pernambuco já está em contato com todas as unidades da rede de saúde, especialmente aquelas localizadas no Recife e na região metropolitana, para acompanhar a demanda em cada serviço diante da restrição de novos atendimentos no HGV, afirmou a SES.

Por fim, a secretaria orienta que novos pacientes sejam encaminhados para as outras unidades de emergência da rede de saúde.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem