Deputado aponta prejuízos no São João de Caruaru

 

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL) veio a público com uma denúncia sobre os gastos excessivos durante as comemorações do São João de Caruaru. Após análise do Diário Oficial da Prefeitura nos últimos dois meses, o parlamentar constatou que a gestão deixará um rombo financeiro superior a R$ 10 milhões. Rodolfo expressou preocupação com os comerciantes que trabalharam no evento, uma vez que o prejuízo recairá sobre eles, comprometendo seu sustento ao longo do ano.

A partir dos contratos firmados pela Fundação de Cultura de Caruaru, foram identificadas despesas preocupantes, ultrapassando os R$ 12,8 milhões em cachês de artistas, além de mais R$ 17,3 milhões em serviços contratados, incluindo estrutura, ornamentação, buffet e limpeza. Somente nesses itens, os gastos já totalizam mais de R$ 30 milhões. O deputado ressaltou que essa soma não considera todos os cachês de artistas, como os de Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Daniel, Leonardo e Gustavo Lima, bem como outros artistas locais. Diante disso, Rodolfo estima que a cifra possa aumentar em cerca de R$ 5 milhões.

Enquanto isso, a Prefeitura conseguiu angariar R$ 15,8 milhões em patrocínios, dos quais R$ 12 milhões provêm da cota máster adquirida por uma indústria de bebidas. Além disso, o Governo de Pernambuco contribuiu com R$ 4 milhões, anunciados no início de junho, o que totaliza uma receita de R$ 19,8 milhões. No entanto, ainda há um déficit de, pelo menos, R$ 10 milhões a ser coberto.

É importante ressaltar que nem todos os cachês foram pagos até o momento. Além disso, vale mencionar que os números citados até agora correspondem apenas ao São João realizado a partir de 3 de junho, com shows no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, no Alto do Moura e no Polo Azulão. Se considerarmos os gastos com o São João da Roça, segundo o deputado, os contribuintes ficariam impressionados com o montante investido. Rodolfo reforçou a falta de planejamento financeiro ao organizar um evento dessa magnitude sem levar em conta os custos envolvidos.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem