Defesa Civil recomenda demolição de 14 prédios em Paulista

 

PAULISTA- A Secretaria Executiva de Defesa Civil de Paulista enviou à Procuradoria Geral do Município (PGM) os resultados das vistorias técnicas realizadas no Conjunto Beira-Mar, situado no bairro do Janga. De acordo com os pareceres de engenharia, os blocos D1 ao D14 devem ser demolidos.

Em 7 de julho, o bloco D7 desabou parcialmente, resultando na trágica morte de 14 pessoas e deixando outras sete feridas. Este evento marcou uma das maiores tragédias habitacionais registradas na história de Pernambuco.

A decisão de demolir os prédios foi tomada após rigorosas inspeções realizadas pelos técnicos da Defesa Civil, que identificaram sérias irregularidades estruturais nos blocos mencionados. A segurança dos moradores foi a principal preocupação, levando à conclusão de que a demolição é a medida mais apropriada para evitar possíveis acidentes e garantir a integridade das pessoas que residem no local.

Logo após receber os pareceres, a Procuradoria Geral do Município encaminhou os documentos ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e ao Tribunal de Justiça do Estado (TJPE), solicitando que a seguradora responsável pelos prédios execute as demolições, visando à segurança dos habitantes e prevenindo futuros incidentes.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem