Confusão e violência em dia de jogo entre Santa Cruz e Potiguar


Na tarde do último domingo (16), após o jogo entre Santa Cruz e Potiguar-RN, válido pela Série D do Campeonato Brasileiro, o estádio do Arruda em Recife foi palco de uma cena lamentável. Torcedores do time pernambucano tentaram invadir o gramado, o que resultou em um conflito com a Polícia Militar (PM) presente no local.

Segundo informações, os torcedores arremessaram diversos objetos, como copos e gradeados, em direção aos policiais. Algumas pessoas que não estavam envolvidas na confusão acabaram passando mal devido ao uso de gás de pimenta pelas forças de segurança.

Dentro do estádio, também houve uma tentativa de invasão aos vestiários do clube, mas os torcedores foram impedidos por PMs e seguranças privados presentes no local.

A situação de tensão não se restringiu ao estádio. Fora do Arruda, na Avenida Beberibe, vídeos compartilhados nas redes sociais mostraram confrontos e correrias entre torcedores. Nas imagens, era possível ouvir o som de bombas sendo utilizadas.

A Polícia Militar se pronunciou sobre o ocorrido e informou que a confusão foi controlada pelo Batalhão de Choque e pela Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães). Um ônibus do batalhão foi atingido por uma pedrada, causando danos ao veículo, além de outros prejuízos ao patrimônio.

Apesar dos momentos de tensão, nenhum policial ficou ferido na ocorrência. A dispersão dos torcedores foi realizada com o "uso de agentes químicos", segundo informações oficiais da PM.

Ao longo da partida, foram registradas duas ocorrências relacionadas à posse de entorpecentes. Além disso, em outras localidades próximas, como em Paulista e em Camaragibe, também houve brigas entre torcedores, resultando na detenção de duas pessoas que foram conduzidas à delegacia.


Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem