Cerca de 7 mil veículos serão retirados de delegacias e leiloados

 

A Secretaria de Defesa Social anunciou uma medida que promete solucionar um problema antigo que atormentava as delegacias e depósitos de unidades policiais em Pernambuco. Após um convênio estabelecido entre a Polícia Civil e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE), os veículos apreendidos e parados serão finalmente removidos e leiloados.

Estima-se que aproximadamente 7 mil veículos, principalmente carros e motos, estejam parados e aptos para serem recolhidos, avaliados e vendidos. Os recursos arrecadados com o leilão serão utilizados para quitar débitos pendentes e taxas, e o valor restante será destinado a investimentos no combate aos crimes pela Polícia Civil.

O acúmulo de veículos nos estacionamentos e pátios das delegacias era uma questão que perdurava há anos e que não havia sido resolvida pelas gestões anteriores. Além das reclamações de policiais civis, moradores próximos também denunciavam a presença de animais e o risco de doenças, como a dengue, devido à água acumulada nos carros e motos amontoados.

Para colocar a ação em prática, a Polícia Civil fornecerá ao Detran todos os detalhes dos veículos apreendidos, incluindo carros, motos e caminhões. O Detran, por sua vez, será responsável pela remoção dos veículos e, seguindo a legislação vigente, organizará e executará leilões para efetuar a venda desses bens.

1 Comentários

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem