Advogada e mãe assassinadas a tiros em Candeias

 

Um trágico evento abalou a cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, quando uma advogada e sua mãe foram brutalmente assassinadas a tiros na entrada de um condomínio residencial. O crime, registrado por câmeras de segurança, expõe a triste realidade da violência doméstica e revela a falha do sistema de proteção às vítimas.

O crime ocorreu por volta das 15h, na Rua Bandeirantes, quando Laura Beatriz Santos Silva e Jadete Santos Silva foram surpreendidas pelo ex-companheiro da filha. Testemunhas relataram à Polícia Militar que as vítimas já vinham sofrendo ameaças do agressor, o qual possuía uma medida protetiva contra ele. Infelizmente, essas medidas não foram suficientes para evitar a tragédia que se desenrolou diante das câmeras de segurança.

As imagens capturadas pelas câmeras mostram as mulheres chegando à portaria do prédio, após descerem de um carro, quando o agressor sai de um veículo preto estacionado do outro lado da rua e corre em direção às vítimas, disparando vários tiros. O crime chocou a comunidade local, ressaltando a necessidade de uma ação urgente para proteger as vítimas de violência doméstica.

Segundo informações de parentes, as vítimas haviam se mudado recentemente para o condomínio em busca de segurança, devido às ameaças constantes do ex-companheiro da filha, que também trabalhava como advogada.


A Polícia Militar, por meio do 6º Batalhão, registrou o caso e isolou a área, encontrando os corpos das vítimas na frente do condomínio. Atualmente, a polícia está em busca do autor do crime, realizando incursões para capturá-lo e garantir que ele seja responsabilizado pelos atos bárbaros cometidos.


Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem