Pai suspeito de estuprar própria filha autista de 12 anos é preso em Caruaru

 

Policiais civis da 4ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Caruaru, em uma operação conjunta com a Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRACCO), sob a coordenação do Delegado Jeová Miguel, cumpriram na tarde de segunda-feira, dia 23, um mandado de prisão preventiva contra um homem de 43 anos chamado Junior Pedro da Silva.

A prisão ocorreu em decorrência da prática de estupro de vulnerável. O investigado é pai da vítima, uma criança de 12 anos que possui transtorno do espectro autista. Segundo informações da polícia, o indivíduo cometeu repetidamente atos de conjunção carnal e outros atos libidinosos, chegando a filmá-los e armazená-los em um dispositivo de armazenamento externo de alta definição, que foi apreendido durante a investigação.

Os atos criminosos supostamente ocorriam com a conivência da mãe, que também está sob investigação. Após o fato ser relatado durante o plantão da 4ª Deam na noite anterior, os policiais civis iniciaram diligências na manhã de segunda-feira para obter a expedição do mandado de prisão preventiva, que foi imediatamente cumprido assim que foi emitido. O homem está detido na carceragem da 4ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, aguardando audiência de custódia. Vale ressaltar que o investigado já possui antecedentes criminais por estelionato.

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem