Na mídia nacional : suspeitos do assassinato do sargento estão mortos

Vejam transcrição do Metrópoles: 

Após morte de policial, PM-PE trata vítimas de confronto como animais Perfis de apoio à Polícia Militar de Pernambuco compartilharam fotos e divulgaram vídeos de agentes brutalizando os corpos de suspeitos Policial militar de Pernambuco puxa de dentro da viatura o corpo de um suspeito pelos tornozelos Perfis que dizem ser ligados à Polícia Militar e à Polícia Civil de Pernambuco compartilharam fotos e vídeos que mostram agentes dando tratamento semelhante ao destinado a animais a corpos de pessoas atingidas em confronto com policiais em Ribeirão, cidade na Zona da Mata Sul do estado, nesta terça-feira (14/3). Os mortos são suspeitos de envolvimento no assassinato de um sargento. Segundo as autoridades, o sargento Jairo José da Silva Filho foi morto durante troca de tiros em Ribeirão, na segunda-feira (13/3). Dois suspeitos também morreram no confronto. A Polícia Militar informou que Silva Filho, de 42 anos, dedicou 16 deles à corporação e deixou a esposa e dois filhos. O perfil @gatialfa, no Instagram, que faz referência ao Grupo de Apoio Tático Itinerante da Polícia Militar de Pernambuco e que diz denunciar crimes na área do Recife, postou nos stories as fotos dos corpos de dois homens com um emoji de fezes cobrindo seus rostos. “Não se vai ao velório do amigo sem promover o do inimigo”, diz uma das mensagens escritas sobre a foto. Vídeos divulgados por outras páginas, entre elas uma intitulada @junior_comissario, mostram a forma como os corpos foram encaminhados pelos policiais ao Instituto Médico Legal (IML). O dono do perfil se identifica como policial civil e instrutor de tiro. Nas filmagens, é possível ver um policial puxando pelos tornozelos os corpos de dentro da viatura de número 1250165. O corpo é jogado sobre uma cadeira de rodas, mas acaba caindo no chão. Na tentativa de recolocar o corpo na cadeira, os policiais deixam o órgão genital do suspeito à mostra. O vídeo também foi publicado por um perfil chamado @aguia44_, que pertence a um ex-integrante do 1º Batalhão da PM de Pernambuco. Outra página que divulgou a filmagem atende por @pontezinha_noticias_oficial. Na descrição, o autor diz ser morador de Cabo de Santo Agostinho. O governo de Pernambuco emitiu nota sobre o caso: “A Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco informa que tomou conhecimento dos vídeos que circulam, na data de hoje, e que já foi determinada a instauração de procedimento investigativo preliminar para apuração dos fatos. Caso seja constatada alguma conduta irregular de servidor da SDS, será instaurado o devido processo administrativo para imputação disciplinar cabível.” 

Os mortos foram socorridos ao hospital

Saiba mais sobre o caso no nosso arquivo:

 

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Militar de Pernambuco confrontou cinco suspeitos envolvidos no assassinato do sargento Jairo José da Silva Filho, resultando em suas mortes. O confronto ocorreu em uma área de mata no Engenho Aripibu, em Ribeirão, na Zona da Mata Sul do estado.

O confronto ocorreu um dia após a morte do sargento da PM e, na segunda-feira (13), dois suspeitos de crimes também foram mortos em outro confronto na mesma cidade. Imagens de homens baleados foram compartilhadas no WhatsApp, mostrando-os deitados em caçambas de carros da PM sendo levados para o hospital da região. Em outras imagens, é possível ver os feridos sendo arrastados para a unidade de saúde.

Segundo a Polícia Militar, o confronto ocorreu durante buscas pelos suspeitos da morte do sargento, quando os PMs de três batalhões foram recebidos com tiros. A corporação relatou em nota que "o efetivo foi recebido a tiros, deu o devido revide à agressão e cinco suspeitos foram atingidos".

A Polícia Civil ainda não se manifestou sobre o caso e não divulgou os nomes e idades dos suspeitos. Além disso, foram apreendidos três revólveres calibre 38, uma pistola calibre .380, uma espingarda calibre 12 de cano reduzido e munições junto aos homens mortos.

O caso está em andamento e mais informações serão divulgadas assim que estiverem disponíveis.

Informações no vídeo: 


Sargento é sepultado sob forte comoção


Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Postagem Anterior Próxima Postagem