Cloroquina: médicos intensivistas fazem manifesto

A polêmica continua: comente




Comentários

  1. Meu Deus a maioria das pessoas q tomaram esse remédio ficaram curados inclusive médicos, agora só porque foi Bolsonaro q falou é esse mi, mi virou caso de políticos safados e esquerdalha se fosse um remédio caro eles iriam aceitar eita país de gente q gosta de tirar vantagem e roubar aff.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu.

Destaques